Entretenimento pra caba hômi


De volta aos trabalhos, posto aqui o incrível western”Sete Homens e Um Destino” e o clássico-maior de Scorcese: “Touro Indomável“, filmes que vi nesse período de ócio criativo, para deleites de entretenimento.

O primeiro é uma reunião dos caba mais bruto que Holywood poderia reunir : Yul Brynner e a sua experiência de russo(tem gente mais bruta que russo?), Steve McQueen e seu carisma sempre característico(também notado em “Papillon” e “Bullit“), Charles Bronson(a palavra “Charles Bronson” já é auto-explicativa pra explicar a brutalidade humana) e James Coburn(o vara-pau mais feio da história do cinema, empatado com Ron Perlman), além de Eli Wallach(antes de ter a feição de bom velhinho gerada por filmes- mamão com açúcar como “O Amor não Tira Férias) como o inimigo do povoado mexicano defendido pelos 7 mercenários.
O filme já começa mostrando pro que veio com a magnífica trilha sonora – das mais marcantes da história do cinema(ainda me pego assobiando a musiquinha). Não vou antecipar tudo porque não é minha função aqui de revelar o filme pra quem nunca assistiu, mas só por uma cena do filme chamo atenção: a do bar na cidadezinha na fronteira EUA-México, em que os camponeses mexicanos avistam um homem repleto de cicatrizes e um comenta: “Esse aí deve ser bom pra chamar pro nosso grupo”, enquanto o outro rebate: “Eu recrutaria o homem que fez essas cicatrizes nele.”
O segundo é a melhor reunião ScorceseDe Niro, na minha franca opinião (a parceria rendeu ainda “Taxi Driver,”Os Bons Companheiros“, “Cassino” e outros…).
Conta a história real de Jake La Motta, boxeador dos anos 40 e avassalador contra seus oponentes. É um dos relatos mais sinceros da auto-destruição humana, demonstrado tanto no ciúme possessivo que sentia pela mulher quanto pelas dúvidas em relação à natureza de seu caráter.
Há uma clara referência a outro grande personagem do cinema: Terry Malloy(Marlon Brando em “Sindicato dos Ladrões“) e a famosa frase”I could be a good man, I could be a contender”, repetida por Jake La Motta nas suas reflexões pessoais.

Hoje em dia, qualquer referência ao faroeste que não seja a cowboy viado não mais se aplica e os bons filmes de boxeador já ficaram saturados, exceto a continuação de “Rocky Balboa“, que ganha respaldo por se tratar da conclusão definitiva de um clássico do cinema.

Fiquem com esses filmes e aprendam um pouco com os caba!!!

No mais, é isso….

Anúncios

10 Responses to Entretenimento pra caba hômi

  1. LeopoldoAzevedo disse:

    Cara ainda nao assiste nenhum…mas pelos comentários certamente alugarei!
    Valeu rapaz.

  2. Haras disse:

    Oi Ygor!
    Quando eu estiver afim de alugar um filme já sei onde vou agora! hehehehe
    Valeu!

  3. chicó disse:

    porra de rocky balboa.
    rocky balboa dói tudo, até o esquerdo!
    sete homens e um destino, só não é melhor que desejo de matar III
    ^^
    hahahahaha
    seu louco

  4. Spermatoclayton disse:

    mermão, pode crer boe
    de rocha
    mas dou valor a charles bronson não boe, ele mata federal, mas mata os pinta!
    De rocha, tenho dito

  5. Raphael Alô disse:

    Querido amigo, gostei mto do seu post… tem alguns aí q terei q alugar (baixar na interNERD)… hahahhaa

    Charles Bronson e Stallone, esses sim são cabras !
    :D:D:D

    Abração !

  6. Danniel "AnGrYChAiR" disse:

    O filme é do caraleo, enfim… mantenha esta gala atualizada cumpade! abraços fraternos. 😀

  7. Ygor Brandão disse:

    Qual você viu,Danniel?

    Rapaz,atualizo amanhã.
    Fim de semana foi só birita e inutilidade.hehehe.

    Pra quem termina uma monografia, bem que eu mereço,né?
    Falou…

  8. Tiago Azevedo de Aguiar disse:

    Esse omi!

  9. Thomaz Napoleão disse:

    Ah, rapaz, nunca vi os dois. Mas Sindicato dos Ladrões é um dos meus preferidos, e Marlon Brando deve ter sido o maior ator do século 20. Se o homem foi citado, o filme de fato deve ser bom! E Scorsese nunca desaponta.

    Hey, acabei de abrir o blog novo e coloco aqui o endereço, como você tinha pedido:
    http://www.bookofrodinia.blogspot.com
    (é meio maluco, como tudo o que faço)

    abraços!

  10. Walter Carrilho disse:

    É um dos filmes que “moldam o meu caráter”, como dizem lá no Jagaré Banguela. Mais filmes, mais filmes!

    Sinta-se linkado também. abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: