40 Anos do Sargento Pimenta

Dia 1º de Junho, do ano de 1967, simboliza um marco para a história do rock, até pela importância e influência com que esse emblemático álbum veio a representar para a música e para todas as gerações que apareceram a partir de 1967.

Trata-se, obviamente, de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos 4 rapazes de Liverpool, que há 40 anos atrás surgia para mexer de vez com as mentes de um período marcado por revoluções culturais, Guerra do Vietnã, dicotomia EUA-URSS, liberação de drogas e sexualidade – enfim, um período rico e determinante para a formação histórica da juventude.

Tão genial que chegou a enlouquecer um homem: Brian Wilson. Explique-se, o excêntrico líder dos Beach Boys havia produzido,meses antes, o genial álbum “Pet Sounds”, rico por suas inserções à psicodelia e ao experimentalismo.

A genialidade dos Beatles, porém, veio a estremecer as bases da música com o álbum em questão e demonstrava, com isso, a solidificação de sua maturidade, já evidenciada nos àlbuns “Rubber Soul” e “Revolver”, do ano de 1966.

Inicia-se, na faixa 1, com “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, de autoria de Paul McCartney, dando um clima de apresentação teatral e euforia,apresentando a gloriosa banda do Sgto. Pimenta e o seu clube dos corações solitários, além de dar a deixa para um tal Billy Shears, encarnado por Ring Starr.

Ringo (ou Billy Shears) canta,a seguir, em “With a Little Help For My Friends”, uma ode ao amor e ao companheirismo.

A psicodelia encarna em “Lucy In The Sky with Diamonds”, de Lennon, a música da tal “menina dos olhos de caleidoscópio”, uma clara referência conhecida por 99% de qualquer admirador de Beatles, ao LSD.

“Getting Better” surge empolgante e rica por um otimismo bem característico, sentido na riqueza das guitarras e seus riffs.

“Fixing a Hole” segue na linha do álbum.

A belíssima “She’s Leaving Home” é baseada em uma história de jornal vista por Paul McCartney de uma certa menina que tinha fugido da casa dos pais. Coube a Paul imaginar, no lirismo da canção, imaginar a fuga da adolescente.

“Being For The Benefit Of Mr. Kite” segue um tom circense já visto na primeira faixa.

“Within You Without You” segue no experimentalismo característico das incursões de George Harrison pela música indiana e o amor místico.

A feliz “When I’m 64” é uma ode ao envelhecimento e o que se esperar 40 anos depois.(como se pôde ver, Paul chegou à idade dos 64 este ano).

Segue “Lovely Rita”, uma homenagem à diva do cinema Rita Hayworth.

A alegre “Good Morning Good Morning”, de John, segue com o espírito do álbum.

Repete-se “Sgt. Pepper’s”, numa nova versão.

No fim, a retumbante “A Day In The Life”, fruto das memórias de infância de Lennon, notada na beleza harmônica da canção.

Não sou crítico de música e nem pretendo ser, mas não poderia deixar de homenagear esse emblemático álbum.

Parabéns, Sargento Pimenta, e que sua influência ainda seja marcada daqui pra mil anos à frente.

Longa vida aos Fab Four.

Anúncios

3 Responses to 40 Anos do Sargento Pimenta

  1. Thomaz Napoleão disse:

    Esse album é patrimônio cultural da humanidade, cuja influência ecoa até hoje.

    Uma amiga costumava dizer que o melhor jeito de avaliar a personalidade de alguém é perguntar à pessoa qual seu disco favorito dos Beatles. Como o meu é Sgt Pepper’s, devo estar na categoria dos doidos de pedra :p

    Para desfrutar desse disco, vale a pena assistir logo em seguida “Yellow Submarine”, aquele desenho animado brilhante e quase alucinogeno estrelado pelos Beatles na mesma época.

  2. João disse:

    Pode crer!

    O álbum deveria virar patrimônio histórico da UNESCO, na maior…

    O Sgt. e Star Wars, que fez 30 anos 😀

    Abraços Ygor, meu velho!

  3. Ygor Brandão disse:

    Meu álbum favorito é o White Album,Thomaz, que faz 40 anos próximo ano.

    Como será a personalidade de um caba que gosta do White Album?

    Valeu pela visita,João.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: