Auto-análise

Dia 29 de setembro próximo fará um ano que o Pior é a Guerra começou.
Não que isso fosse motivo pra comemoração de algo genial, é claro.
Não é a comemoração do centenário de Niemeyer ou dos 40 anos do Sgt. Pepper’s dos Beatles.
Aliás, nem é comemoração.
É uma auto-análise.
Pronto: falei!!
É uma auto-análise.
Uma incursão auto-depreciativa sobre os rumos pelos quais vem levando este blog.
E negligenciado também.
50 e poucas postagens em um ano é um ritmo fraco.
Em três meses de existência, muito blog virou cult e popularizou-se.
Esse aqui ficou às moscas por muito tempo.
O período mais infértil foi de janeiro a março de 2007.
Dava sinais de que eu abandonaria o barco de vez.
Junho de 2007 voltei com um pouco de gás.
Ficou num marasmo eterno depois.
Voltou agora,como vêem.
E na base do improviso.
Desde a primeira postagem, não expliquei direito ao que veio.
Muita gente se indagou o porquê da guerra.
Se era um blog sobre absolutamente tudo…
Tudo, menos a guerra.
A guerra foi um assunto pouco constante no blog.
Na verdade, indecifrável nas subliminariedades de cada post.
Mas ainda estava lá.
Absorta em reflexões despretensiosas.
Como esta frase de cima, por exemplo.
Bastante despretensiosa…..
A guerra deste blog tem feições humanas.
Não de conflito externo.
Mas interno.
Aquele que se esgueira nas torrentes da solidão.
Vocês sabem do que estou falando.
Não é a solidão física.
Mas a de espírito.
Esta companheira de sempre.
Esta inimiga de sempre.
Transtorna ou satisfaz, conforme utilizada.
Tal como aos Buendías de Macondo.
Ou ao estrangeiro de Camus.
Um espírito criador.
Imaturo, porém verdadeiro.
Abre as portas da percepção.
E traz um retorno a si mesmo.
É a guerra.
O conflito interno.
Tal qual faço nesta auto-análise.
Que, por sinal, se estendeu como que por improviso.
Como por sorte numa noite despretensiosa.
Tal qual hoje.
Hum…
Como faço pra acabar esta merda,hein?
Pior é a Guerra!!!

Anúncios

4 Responses to Auto-análise

  1. Ygor Brandão disse:

    Auto-crítica também.
    Meio troncho esse texto.
    Mas tô de volta.
    hehe.

  2. AnGrYChAiR disse:

    fuderozissimo! alias diga-se de passagem como sempre, tu escreves muito bem meu caro amigo ygao! mantenha o foco, e o pior é a guerra. =D

  3. julione disse:

    Quero ver isso musicado pela MFA!!!

  4. ThiagoA disse:

    onde está a MFA? vamos ensaiar, caba de pêia… mas cante como ygor brandao, sem fazer o timbre da voz dos outros 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: